Buscar
  • Enviar Soluções

Auxílio de R$ 300 para gasolina: descubra quem tem direito a receber




A gasolina no Brasil está mais alta que nunca nos dias atuais. O aumento no preço de todos os combustíveis no país foi histórico e acabou pegando muitos trabalhadores de surpresa, inclusive, pessoas que precisam de seus veículos para se locomover até o trabalho ou até mesmo para deslocar a família de um lugar para outro quando necessário.


Muitas pessoas que veem o seus orçamentos ficando cada vez mais apertados, temem não conseguir pagar o preço atual da gasolina para que fosse possível manter os compromissos do mês.


Algumas delas estão chegando ao ponto de se deslocar pela cidade a pé, mas felizmente uma pequena ajuda do governo pode garantir que a situação não se torne rotina para todo mundo. Mas que novo benefício é esse?


Trata-se de uma medida tomada pelo governo que visa ajudar as pessoas com um auxílio voltado exclusivamente para a compra da gasolina nos postos de combustível do nosso país. O nome do benefício é Auxílio Gasolina e já teve a sua aprovação no Senado.


A ideia é pagar R$ 300 às pessoas que trabalham com táxi, mototáxi e transporte de aplicativos que estejam em situação de baixa renda.


Assim que a lei for sancionada, ela vai poder passar a valer ainda em outubro desse ano. A pressa é justamente para tentar apagar o incêndio que o preço alto causou nesse setor onde os trabalhadores necessitam do veículo, uma vez que, sem ter acesso a esse auxilio, boa parte do salário do profissional tem ficado nos postos de gasolina.


O projeto de lei em questão é o 1472/21, que terá o orçamento limitado a R$ 3 bilhões. Ele vai atender especificamente àqueles que já fazem parte do programa Auxilio Brasil, pois é assim que o governo vai conseguir identificar quem são os mais necessitados.


Não é à toa que vão existir regras bem rígidas para que esse valor possa ser recebido como, por exemplo, ter uma renda per capita de no máximo R$ 2.424. Em outras palavras, até dois salários mínimos.


Como já mencionado, o foco especial estará sobre os motoristas de aplicativos, de vans escolares, caminheiros e também os taxistas. Ele poderão receber a quantia, que não foi escolhida de forma definitiva, mensalmente.


O governo pretende fazer uma reavaliação do valor do auxílio a cada seis meses, buscando estar sempre alinhando o benefício ao preço da gasolina nas bombas de combustível, já que o que realmente está prejudicando as pessoas no momento é o preço final que chega até o consumidor.


Mas por enquanto as pessoas terão de esperar, pois o projeto ainda segue em análise na Câmara dos Deputados. No melhor dos cenários, se a previsão de começar em outubro realmente se concretizar, ainda lhes resta mais quatro meses de espera.


(Por: Alana Fernandes / Fonte: editalconcursosbrasil.com.br)

8 visualizações
Working from Home

SOLICITE NOSSOS SERVIÇOS

Atendemos todas as Cidades do Brasil.

Obrigado, em instantes entraremos em contato!